quarta-feira, 31 de outubro de 2007


Meus dedos...encontram seu anel...
por uma dessas ruas qualquer....
sim...eu comprei..
não para tí...
pois pra tí não entrego....
mas pra mim...
e não para enfeitar minhas mãos...
mas para ter a certeza...q algo teu estás aqui...
guardado...
sombólicamente guardado..
pois andei procurando no dicionário o nome desse "tal"sentimento.. e não encontrei...
é como se fosse...
um querer estar perto...estranho..
talvez adimiração...sim...o mais próximo da palavra q procuro...
só sei q ele anda evaporando no tempo...
nessas semanas....
e o anel...está aqui...

e é uma pena...que vc ande...segurando..uma outra mão...
(a.s.a)

...Pois é, não deu..Deixa assim como está sereno..Pois é de Deus..Tudo aquilo que não se pode ver...E ao amanhã a gente não diz...E ao coração que teima em bater...

2 comentários:

ian roida! disse...

e é uma pena...que vc ande...segurando..uma outra mão...
(a.s.a)

poww ..!!! essa frase dah pra lançar numa musik!!! ...

me amarrei!..."Pois é" tbm bem colokda pra kcildes! rs

=))) ...!

" Nao é preciso olhar pra trás
Para dar as mãos
Agora somos dois olhando pra frente
E ai ninguem pode nos parar."
(i.p.r.)

florzinha disse...

Sei de tudo!!!Ficou ótimo!
bjoca